Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Adolescente começa a colecionar absorventes e então sua mãe revela segredo da filha

Há certos assuntos na vida que são um pouco pesados para falar abertamente.

Nossos hábitos de higiene são um exemplo. Nossa vida sexual é outra. E um terceiro exemplo pode ser menstruação e os absorventes.

Então, quando Lily Alter, de 14 anos, se preparava para escrever um trabalho para a escola, decidiu se concentrar em um tópico que achava que deveríamos poder falar mais abertamente sem sentir vergonha – a higiene das mulheres.

Mas isso não era tudo.

Quanto mais Lily foi a fundo no assunto mais ela percebeu o que isso era um peso para algumas mulheres… Foi quando ela teve uma idéia que atravessou as paredes da sala de aula.

Tudo começou quando um professor de inglês no Oak Park River Forest High School, em Chicago, pediu aos alunos que escrevessem um ensaio sobre uma questão social. Foi quando Lily Alter surgiu com a idéia de seu projeto.

“Eu pensei nos direitos das mulheres sem-abrigo”, disse Lily à CBS Chicago https://www.youtube.com/watch?v=y8T7xFBzHJ0. “E eu queria escrevê-lo de uma forma que realmente pudesse ajudar as pessoas”.

Quando Lily começou a pesquisar mais profundamente sobre o assunto, logo fez uma descoberta triste.

Ela percebeu que muitas mulheres desabrigadas sempre precisavam escolher entre colocar comida na mesa, ter um teto sobre a cabeça, ficar saudável e ter produtos sanitários – e a escolha era geralmente a primeira.

A menina de 14 anos decidiu fazer algo mais que apenas escrever um artigo escolar.

Ela começou a coletar absorventes e outros pequenos itens de higiene, que ela foi embalando em pequenos kits.

“Eles contêm suprimentos suficientes para um ciclo menstrual”, explicou Lily à CBS Chicago.

Ela então entregou os kits às mulheres sem-teto da cidade.

O ato de abnegação e compaixão não só surpreendeu o professor de Lily – mas também atordoou toda a sua comunidade. Pouco depois, a adolescente já havia recolhido US$ 3.000 por seu projeto.

“Com o dinheiro que fiz agora, provavelmente poderia ter um ano de kits para as mulheres nos abrigos”. ela contou a CBS Chicago.

Uma pequena ideia que fez grande diferença. Veja a história completa aqui:

Mais gente pode apoiar a iniciativa da menina. Por favor, compartilhe a história para incentivar mais pessoas a ajudar!

Publicado por Newsner. Por favor, curta.