Mãe vende berço de filho falecido em bazar: dias depois, comprador volta e mostra algo dentro do carro

Ficar grávida e saber que uma minúscula vida está crescendo em sua barriga é um sentimento incrível – que somente aquelas que a experimentam podem realmente entender.

Embora a notícia de engravidar seja extraordinária, muitos preferem esperar que os primeiros três meses passem antes de anunciar. Pois este é o período mais crítico e quando é mais comum sofrer um aborto espontâneo.

Os abortos são trágicos, não importa quando durante a gravidez eles possam acontecer. Perder um filho que está quase totalmente desenvolvido é algo que nenhuma mãe deveria ter que passar.

Valerie Watts, de Cokato, Minnesota, EUA, estava em seu nono mês de gravidez e tinha tudo preparado para o nascimento do filho.

Mas apenas alguns dias antes, ela sentiu que algo estava errado. O bebê não estava se movendo do jeito que costumava.

Noah havia morrido em sua barriga, poucos dias antes de chegar ao mundo. Valerie ficou arrasada.

Valerie não teve coragem de se livrar dos pertences de seu filho, e por mais de um ano o quarto ficou intocado.

Em maio de 2014, Valerie finalmente concordou em vender o berço. Mantê-lo era um lembrete constante da morte do filho.

Um homem chamado Gerald veio até o seu bazar, viu a mobília e imediatamente perguntou a Valerie o quanto ela queria.

Eles combinaram o preço e logo Gerald estava a caminho com o berço de seu filho ainda não nascido na mão.

Significado descoberto

Gerald não tinha ideia sobre a tragédia de Valerie, nem quanto o berço significava para ela – nem o fato de que era a última lembrança física que ela tinha de seu filho morto. Simplesmente supunha que estava vendendo itens que seus filhos já não usavam mais.

Mas aqui é onde a história muda. A esposa de Gerald conversou um pouco com Valerie durante o bazar e perguntou a idade de seu filho. Ela ficou devastada quando Valerie contou o que havia acontecido.

Depois de colocar o berço no carro e ir para casa, ela contou ao marido o que Valerie havia dito a ela e foi quando Gerald entendeu a importância do berço para aquela mãe ainda de luto.

“Decidimos a caminho de casa que este [berço] deveria voltar”, disse Gerald a Fox9.

Mas ele também percebeu que a cama não poderia permanecer com Valerie para sempre, pelo menos não daquele jeito. Gerald que era carpinteiro imediatamente teve uma idéia …

Ele transformou o berço em uma linda cadeira que Valerie poderia manter como lembrança de seu filho para sempre.

Uma semana depois do bazar, Gerald voltou até Valerie com o precioso presente. O berço, antes não utilizado e uma dolorosa lembrança do filho, era agora uma linda cadeira que poderia permanecer para sempre em sua casa – e no coração.

Desnecessário dizer que Valerie ficou muito impressionada com o belo gesto e começou a chorar quando viu o que Gerald havia feito.

After Valerie Watts’ son Noah was delivered stillborn – she kept his crib in place. After some time she decided to sell…

Posted by Fox 11 Los Angeles on Monday, 12 May 2014

Há muitos pais que infelizmente sabem como é estar no lugar de Valerie … não importa quantos anos se passam, a tristeza permanece no coração depois da perda de um filho.

Sinta-se à vontade para compartilhar esta história reconfortante com seus amigos no Facebook, para que isso lhes traga calor hoje também!

Veja o vídeo abaixo sobre a comovente caso: