Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Cadela salva gatinho da morte — três dias depois vem uma surpresa emocionante

O amor de mãe é das forças mais fortes do mundo. Você pode não ser mãe, mas a maioria de nós pelo menos experimentou o amor das nossas próprias mães.

Você não precisa dar à luz para se tornar mãe – você pode ser mãe adotiva. E vale também para os animais.

Mesmo se você é um cão e seu “filho” adotivo é um gato.

Os animais não falam como seres humanos, mas se comunicam de outras maneiras.

Eles também podem cuidar uns dos outros, se necessário, independentemente das espécies. Assim como este cachorro…

Um dia, Patricia, uma aposentada, encontrou uma gatinha abandonado em seu celeiro.

A pequena gatinha miava por causa do frio no celeiro e mal podia se mover. Então, Mittens, o cachorro de Patricia, veio corrê-lo.

Imediatamente, o cachorro começou a lamber o gatinha para ajudar a aquecer.

Eles trouxeram o gatinho para dentro e tr6es dias depois, aconteceu algo maravilhoso.

Mitenes, o cão começou a produzir leite e foi capaz de alimentar a própria gatinha. A filhote sobreviveu e Mittens cuidou dela como a própria cria desde aquele dia.

Ela se tornou uma mãe, não para um cachorro, mas para uma pequena gatinha que pensou que toda a esperança havia desaparecido.

Essa história tocante levou lágrimas aos meus olhos.

Os instintos maternos de Mittens a ajudaram a salvar um gatinho carente que, de outra forma, não teria sobrevivido por conta própria. Como um pai “adotivo”, ela é uma mãe maravilhosa.

Mittens é uma heroína. Se você concorda, compartilhe o artigo com seus amigos no Facebook!

Publicado por Bíblia dos Animais. Por favor, curta.