Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Homem que abusou da cadela Caytlin recebe pena de 15 anos de prisão

Este foi considerado o pior caso de abuso animal nos Estados Unidos. A cadela Caitlyn foi encontrada com a boca amarrada com fita adesiva tipo silver tape — tão apertado que ela já estava deformada.

Mas Caitlyn sobreviveu. Mais do que isso, o mundo todo soube da sua história e se emocionou com ela.

Uma dessas pessoas foi o advogado Ted Corvey, que decidiu não descansar até garantir que o culpado pelos maus tratos recebesse a punição mais severa possível.

ATENÇÃO: As imagens a seguir podem ser perturbadoras

 

A história da cadela Caitlyn, de 15 meses, ficou conhecida no mundo todo depois que ela foi encontrada seriamente ferida na varanda do ex-dono em North Charleston, nos Estados Unidos.

O ex-dono a vendera por apenas dez dólares para um homem de 41 anos. Em apenas poucos dias, ele foi capaz de ferir Caitlyn tão gravemente que ela quase morreu.

A cadela conseguiu fugir deste homem e foi procurar abrigo na varanda do ex-dono que a vendera. Quando foi encontrada, Caitlyn estava com a boca amarrada há 36-48 horas. Os ferimentos eram muito graves.

Facebook/Charleston Animal Society

A fita adesiva do tipo silver tape estava tão apertada que interrompera o fluxo de sangue para a língua da cadela.

“Este foi o caso de maus tratos a animais mais sério que já vi em toda a minha carreira”, disse Aldwin Roman, diretor da Charleston Animal Society, quando Caitlyn foi levada para lá.

Caitlyn estava sentindo tanta dor que não conseguia comer ou beber água. No início, a equipe do centro de proteção animal não sabia se ela seria capaz de sobreviver a ferimentos tão graves, principalmente porque o número de nervos mortos criaria complicações sérias. Caitlyn passou por diversas cirurgias para salvar a língua e tratar a boca.

Felizmente, tudo correu bem e Caitlyn hoje está ótima. Ela se transformou numa espécia de celebridade canina. Ela recebeu um prêmio da revista People, que a considerou a melhor história de sobrevivência de 2015.

As cicatrizes deixadas pela fita adesiva ainda são visíveis, mas felizmente ela não sente mais dor. Ela foi adotada por uma família que a ama e dá a ela tudo o que precisa.

Charleston Animal Society

Mas a história não acaba aí!

Durante dois longos anos, o advogado Ted Corvey lutou para garantir que a justiça fosse feita. Ele estava determinado a garantir que o homem que a ferira recebesse a pena mais severa possível.

Em março de 2017 ele finalmente conseguiu. O homem de 41 anos foi condenado a cinco anos de prisão, que ele vai cumprir ao mesmo tempo que outra pena, de 15 anos, que recebeu por outro crime.

Caitlyn the dog thanks Assistant Solicitor Ted Corvey for sticking with her case for almost two years and for getting the maximum sentence for her abuser! #JusticeforCaitlyn #IamCaitlyn #adoptatcas

Posted by Charleston Animal Society on Monday, 27 March 2017

“Acredito que assim estamos dando o recado… Que não vamos mais deixar essas coisas passarem impunes”, disse Aldwin Roman ao Post and Courier. Ele continuou:

“Vamos fazer tudo o que pudermos e que estiver dentro da lei para dar um basta nesses abusos. Vamos lutar para ir além e mudar as leis, torná-las ainda mais severas.”

Acho que está totalmente certo, qualquer um que pratique maus tratos contra animais tem de receber uma pena severa! 

Compartihe esta notícia se você também acha que deveríamos ter, em todos os países, leis mais duras contra os abusos de animais. 

Publicado pela Bíblia dos Animais. Por favor, curta.