Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Esposa se irrita com marido que trabalha até tarde, mas ouve as palavras da filha na cozinha e percebe a verdade

Mesmo que continuemos ouvindo a palavra “orgânica”, onde quer que se vá nos dias de hoje, acho que muitas pessoas ainda não pensam muito sobre a origem da comida quando estão no supermercado ou jantando em um restaurante.

Eu sou me culpo por fazer isso.

Outra confissão é que eu nunca pensei muito sobre os agricultores que se levantam no início do amanhecer todos os dias e trabalham muito duro nos campos.

Muitos desses agricultores têm paixão por ser capazes de produzir produtos de qualidade que não são apenas bons para nós, mas também para o planeta.

Mas a que custo?


Katie Spence Pugh é casada com um fazendeiro e sabe muito bem o que a vida na fazenda pode ser.

Depois de um longo dia de trabalho árduo, ela chega em casa para cuidar de seus filhos e fazer suas tarefas domésticas regulares. Enquanto isso, seu marido, Eugene, ainda teria várias horas de trabalho nos campos, como conta o Daily Mail.

Um dia, frustrada, enviou uma mensagem irritada ao marido – ela queria que Eugene soubesse o quanto ela estava cansada do jeito que eles estavam vivendo.

Eles quase nunca se viam e ficava para cuidar das crianças e da casa sozinhas.

Quando Eugene chegou em casa naquela noite, no entanto, ele surpreendeu sua esposa. Ele simplesmente se sentou na cozinha para comer algo.

Depois de um tempo, sua filha veio e sentou-se ao lado de seu pai. Embora provavelmente estivesse morrendo de fome depois de estar nos campos o dia todo, Eugene estava feliz em compartilhar sua refeição com a filha.

Foi quando Katie teve sua revelação.

Ela compartilhou esse momento na sua página no Facebook que a fez entender e apreciar a vida que eles tiveram.

Eu tirei essa foto em uma outra noite, no final de um longo dia. Eu estava cansada. Eu estava irritada. Eu enviei meu marido um texto dizendo a ele que sabia que isso não faria a diferença, mas queria que ele soubesse que eu estava exausta com o quanto ele trabalha e com tudo o que tenho que fazer todos os dias sozinha. O trabalho em casa, cozinhando o jantar, dando banho nas crianças, viagens de fim de semana sem ele, mantendo uma casa, você pode dizer que eu estava ressentida. Eu tenho que ter esses pequenos momentos uma vez (ok várias vezes) durante a temporada de plantio e colheita. Então isso aconteceu.

Ele entrou, fez seu prato e sentou-se para comer sozinho. Ele estava cansado, exausto. Em vez de se queixar, ele disse que lamentava estar daquele jeito e de se sentir assim. Charlotte se juntou a ele, ficou falando e até comeu a maior parte do jantar. Ele não reclamou. Ele compartilhou e isso me atingiu.

Eu queria vê-lo mais do que uma hora ou mais um dia? Sim. Mas, o amor que ele tem para o seu ofício é algo para invejar.

Os agricultores trabalham em uma profissão ingrata. “É sempre um tal de orgânico, biológico, e nem vamos falar do estresse da Mãe Natureza”. Este é um homem que está trabalhando para manter quatro gerações de suor e lágrimas e para mostrar aos filhos o valor do trabalho árduo e da disciplina.

Então, enquanto me sentia frustrada, eu realmente deveria ter me sentido agradecida.

Eu tenho que me sentar para jantar e ouvir todas as histórias do dia com as crianças. Eu tenho que dar-lhes banho e ouvir seus gritos e risos.

Eu tenho que me aconchegar e ama-los por três horas a mais do que ele. Ele é o único que se sacrifica, não eu. Continuaremos seguindo até o próximo dia chuvoso quando tivermos algumas horas extras com nosso trabalhador. Entretanto, na próxima vez que você entrar naquela camisa de algodão confortável ou comer uma deliciosa comida fresca de fazenda, agradeça a um fazendeiro.

Onde estaríamos sem eles?

Abaixo, você pode ver e ler a publicação completa da Katie.

 

I snapped this picture the other night at the end of a long day. I was tired. I was irritated. I had sent my husband a…

Posted by Katie Spence Pugh on Friday, 15 July 2016

Se não fosse por famílias como essa, provavelmente não teríamos o suficiente para fazer refeições nas nossas mesas de jantar. Não há muitas famílias agricultoras no mundo e precisamos agradecê-las.

Por favor, compartilhe este artigo para prestar homenagem a todos os nossos agricultores – eles realmente merecem o louvor pelo seu árduo trabalho.

Publicado por Newsner. Por favor, curta.