Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Família já havia perdido as esperanças com bebê doente – então um herói inesperado aparece

Sarah e Chris St. James ficaram extasiados quando descobriram que estavam “grávidos” de seu segundo filho, uma pequena menina.

E, assim como todos os pais, ficaram muito felizes quando sua filha veio ao mundo sem complicações.

Mas depois de levá-la para casa perceberam que algo estava errado.

Sloan nascera em forma e saudável, mas, com dois meses, seus pais perceberam que ela estava se tornando um pouco gordinha demais.

Seu bebê comia normalmente e estava desenvolvendo o jeito que deveria.

Mas sua “barriga de Buda” crescia estranhamente. E Sarah e Chris ficaram cada vez mais preocupados.

Em vez de levar Sloan para pediatras da família, Sarah e Chris levaram-na para o hospital para um check-up de quatro meses.

Infelizmente, o médico fez uma descoberta triste e deu ao casal algumas notícias que nenhum pai quer ouvir.

A maioria ficaria devastada pelas más notícias, e talvez até tentasse encontrar uma maneira de aceitá-las – mas esse casal não queria desistir sem lutar.

Quando Chris e Sarah levaram Sloan para Boston’s Childrens ‘Hospital, ficaram surpresos com o que ouviram.

Eles perceberam que a barriga de sua filha não estava crescendo de forma normal, mas, ao mesmo tempo, eles esperavam que o médico lhes desse um diagnóstico reconfortante.

Em vez disso, sua filha foi diagnosticada com uma doença hepática rara chamada atresia biliar, que bloqueia e danifica os dutos biliares. A bile se acumula no fígado, que eventualmente para de funcionar se a doença não for tratada.

A curta vida de Sloan via um enorme obstáculo. Como disse Sarah ao jornal Sentinel Source:

“Aqui estamos pensando que a levamos para exames regulares e, em vez disso, foi devastador. Tudo o que tememos tornou-se realidade”.

Sloan voltou para casa,, mas rapidamente teve que retornar. Apenas uma semana após o primeiro diagnóstico, a família voltou à unidade de terapia intensiva do hospital.

A única coisa que poderia salvar a vida da menina era um transplante de fígado, e ela não tinha muito tempo.

Nem Sarah nem Chris eram compatíveis com o tipo sanguíneo da filha. Então espalharam sua história a todos que conseguiam na esperança de encontrar um doador.

As regras em torno de doadores vivos e transplantes são muito rigorosas. O doador tem que ser um amigo ou membro da família, e devem estar dispostos a doar, gratuitamente.

O doador também tem que passar por uma avaliação psiquiátrica e, claro, tem que ser fisicamente saudável.

Um amigo íntimo da família, Jake Tenney, viu o pedido de ajuda da família nas mídias sociais e compartilhou a história no Facebook.

Foi quando um herói inesperado surgiu. O estranho era uma combinação perfeita e estava acostumado a salvar vidas.

Foi o irmão de Jake, Steve Tenney, que veio ao resgate. Steve é ​​um veterano do exército americano e foi policial em New Hampshire por 18 anos.

Ele tinha 40 anos e estava em boa forma. Não sabia o que era uma doença em mais de uma década e nunca passou uma noite no hospital – até agora.

Depois de uma série de testes, os médicos imediatamente removeram um pedaço de seu fígado. Eles levaram cerca de 20 por cento do órgão antes de colocá-lo de volta ao corpo de Steve. Nesse ponto, Steve nem sequer conhecia a pequena Sloan, cuja vida ele estava prestes a salvar.

Não hesitou

“Felizmente, eu estava pronto para doar. Minha esposa e eu conversamos e foi consensual – se você pode ajudar uma criança de quatro meses e potencialmente salvar sua vida, é algo que você deve fazer “, diz Steve.

Felizmente, ambas as cirurgias foram um sucesso. O fígado é um dos únicos órgãos do corpo que pode se curar sozinho, então o de Steve logo estará 100% novamente.

E enquanto Sloan se desenvolve, seu novo fígado vai crescer forte.

Embora uma parte dela fosse tirada, a menina recebeu algo muito melhor em seu lugar. Nem todos podem dizer que carregam um pedaço de seu herói com eles onde quer que vá!

Esta é a história mais bonita que ouvi em tempos. A vida de Sloan poderia ter sido apagada após apenas alguns poucos meses, mas graças ao gesto de Steve, tudo teve um final feliz.

Por favor, compartilhe esta história se você quiser agradecer a Steve por sua ação heróica! Ele realmente merece ser reconhecido.

Publicado por Newsner. Por favor, curta.