Mulher corre para a emergência pensando que tem pedras nos rins – 30 minutos depois, ela tem um bebê

Ally Opfer, de 22 anos, foi levada às pressas para o hospital com fortes cólicas estomacais.

A estudante e cheerleader de Ohio achou que eram cólicas menstruais, mas seu diagnóstico não poderia estar mais longe disso.

Apenas 30 minutos depois que ela foi internada no hospital, em dezembro de 2016, ela deu à luz um lindo menino que chamou de Oliver.

A jovem de 22 anos estava passando por horas de contrações e não podia acreditar quando os médicos deram a notícia.

“Eu fiquei chocada e não acreditava. Meu rosto, minha mãe disse, ficou completamente branco ”, disse Ally à  Inside Edition.

https://www.instagram.com/p/Bxaq4f8Hu5Q/?utm_source=ig_embed

Ally tinha apenas 30 minutos para processar a chocante notícia antes de seu bebê chegar.

Testes de gravidez davam negativo

Ally disse que estava acostumada com sua menstruação irregular e chegou até a fazer vários testes de gravidez que deram negativo.

Ela havia trabalhado durante toda a noite em sua casa em Ohio, achando que algo estava terrivelmente errado. Quando ela começou a gritar de dor, seus pais a levaram para o hospital.

De acordo com o Yahoo News, “Ally teve pré-eclâmpsia, então ela foi levada às pressas para uma cesariana de emergência”.

Nas primeiras horas da manhã, Ally deu à luz um lindo menino e o primeiro na sua família em 43 anos, segundo o Yahoo News.

View this post on Instagram

Last Christmas, I went in to the hospital not expecting this to be the outcome. I went in with horrible abdominal pains and long story short, was told I was in labor (after numerous tests) and had absolutely no idea I was pregnant. I panicked and didn’t know how I’d be able to handle becoming a mom so suddenly. 30 minutes after finding out i was pregnant, I was holding my baby boy. I instantly fell in love and have never looked back. I’m a full time college student and knew I needed to go back to class that next semester (only three weeks after giving birth and still recovering from a c-section), to continue my education so some day I would have a solid career and be able to give my son the world. I’m still a college student so winning this would mean the world. Being a single mom is tough, but I wouldn’t trade it for anything! My son was the best Christmas present ever and now I’d like to give him the best Christmas ever! #jaclynhillchristmas #SubscriberSinceDayOne

A post shared by Ally Opfer (@allllyy_op) on

Ally ainda estava em choque depois de dar à luz e seu corpo estava se recuperando. Ela sofreu até depressão pós-parto.

Mas, apesar de tudo isso, apenas algumas semanas depois, ela voltou para a universidade.

‘Uma grande sorte’

Hoje, ela e seu bebê compartilham um vínculo muito forte.

“Mesmo que eu não esperasse ter um bebê em breve, eu estava tão feliz em tê-lo. Eu tenho muita sorte!

“Eu não percebia o quanto eu precisava dele até que eu o ter. Ele me mudou completamente” Ally disse à Inside Edition.

É incrível o que as mulheres podem aguentar. Claramente Ally tem tanta força para ser uma mãe e desejamos a estes dois tudo de melhor e um futuro muito feliz.

Compartilhe esta história se você também ficou inspirado por esta jovem.