Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Jovem de 19 anos tranca namorada e bate nela até sangrar: felizmente, uma sacada rápida salva a vida dela

Aqueles que abusam e aterrorizam os outros devem ser presos e condenados por seus crimes. Não há desculpa para descontar sua raiva em outra pessoa.

Infelizmente, nos acostumamos a ver alguns homens acharem que têm o direito de abusar das mulheres. A violência doméstica é um grande problema do qual ainda estamos tentando nos livrar.

Na pior das situações, mulheres podem até ser assassinadas por seus atormentadores, e a sociedade e a polícia não proporcionam às mulheres proteção adequada depois de avisadas.

Felizmente, algumas mulheres são corajosas o suficiente para se libertarem disso para sempre.

Kelsie Skillen, de Glasgow, tinha 19 anos quando quase foi morta por seu namorado, James McCourt, de 19 anos.

Kelsie não tinha ideia de quão agressivo seu namorado poderia ser – até que uma noite James ficou tão furioso que trancou Kelsie em sua casa e a torturou por 4 horas.

Não está claro se James mostrou sinais anteriores de violência, de acordo com vários relatórios da mídia britânica. Mas o abuso doméstico normalmente não surge do nada.

Muitas vezes, homens que agridem suas parceiras manifestam-se controlando o comportamento e tentando limitar seus contatos com amigos e familiares.

Esses homens precisam sentir que eles estão no controle e expressam isso de várias maneiras, seja espiando suas interações com os outros, seja dizendo a uma mulher o que ela pode e não pode usar, seja ficando com ciúmes quando ela fala com outros homens.

Esses parceiros podem constantemente telefonar para a sua parceira, dizer a ela para estar em casa em um momento específico e ficar furioso se ela estiver atrasada.

Mas esses homens são, acima de tudo, covardes: são inseguros e fazem isso com as mulheres que acham que podem assustar. Essas mulheres, enquanto isso, passam a sofrer de baixa autoestima após dias, meses ou anos de abuso.

Mesmo que o seu coração diga que ele é um bom cara, ouça seus amigos e familiares. Eles podem saber melhor.

Algo dentro de você irá avisá-la de que o que está acontecendo no seu relacionamento não está certo. Provavelmente é a sua intuição. Preste atenção nisso.

Nesta noite em particular, James ficou furioso com sua namorada, Kelsie, enquanto estava indo para casa depois de uma noite fora.

Ele culpou Kelsie por esquecer sua jaqueta e começou a gritar com ela. Kelsie se recusou a lhe dar um cigarro. Foi quando James ficou furioso, de acordo com o periódico britânico The Mirror.

“Ele disse que era minha culpa”, diz Kelsie, acrescentando:

“Eu tinha deixado sua jaqueta, então ele simplesmente virou, me agarrou e me atacou”.

James a manteve como refém por quatro horas. Ela não fazia ideia se viveria para ver outro dia. James desligou sua internet, escondeu seu celular e removeu qualquer coisa que pudesse permitir que ela escapasse de sua casa.

Durante essa experiência horrível, Kelsie foi imobilizada no chão. James bateu no seu peito várias vezes.

Ele a espancou, cuspiu e jogou água sobre ela. Ele a ameaçou e gritou.

Enquanto isso, Kelsie só podia pensar em uma coisa: como ela poderia se salvar. Ela apelou para James: haveria consequências de suas ações, advertiu ela.

Ela perguntou várias vezes: ” vale a pena fazer isso se você vai para a prisão?”

Mas cada vez que ela pergunta, sua resposta fria era: “Não me importo se eu for para a prisão contanto que você esteja morta”.

James não era mais o que se poderia chamar de humano; ele se transformou em um monstro. Ele atingiu Kelsie até que ela ficasse inconsciente. Ela pensou que não iria sobreviver.

Após quatro horas de abuso, James foi usar o banheiro. Kelsie sabia que era a sua chance de escapar da morte.

Reunindo a última força que restava nela, conseguiu chegar ao iPad, que estava quase sem bateria. Ela pegou um cabo e conseguiu se conectar à internet. Ela contatou sua mãe, que imediatamente respondeu.

A mãe de Kelsie reagiu rapidamente e correu para a sua casa, e James fugiu de lá. Mais tarde, ele foi preso e condenado a 21 meses de prisão pela violência a que submeteu Kelsie.

Uma grande salva de palmas para Kelsie, que mostrou força e coragem ao sobreviver a esta situação de pesadelo!

Ela nunca esquecerá o que o ex-namorado fez, mas ela é uma das mulheres sortudas que viveram para contar a sua história!

Kelsie agora usa sua experiência aterrorizante para alertar os outros sobre o quão importante é afastar-se de um relacionamento violento antes que ele termine realmente mal. Por favor, compartilhe se você deseja ajudá-la a espalhar a história!