Caixa está trabalhando como de rotina até um menino de 10 anos sussurrar no seu ouvido “aja como se fosse minha mãe”

Com a recente onde de crimes nos Estados Unidos, é natural que se preocupe com as crianças. Esse garotinho por sorte estava preparado para tomar uma decisão que pode ter salvado sua vida…

Era apenas mais um dia para Sammy Green, de 10 anos, da cidade de Pottstown, estado da Pennsylvania, nos EUA. Ele estava andando por sua rota de rotina para voltar da escola quando percebeu algo estranho…

Ele percebeu que uma mulher parecia estar o seguindo. Seu pai, Sam Green, disse à imprensa, relatando o ocorrido. Ele disse: “Começou a andar com ele e a perguntar onde ele e sua família estavam, perguntando onde estava seu pai”.

O jovem Sammy tinha certeza de que não conhecia a mulher. Porém, ela continuou insistindo que conhecia sua família e que ele deveria ir com ela.

“Ela disse que provavelmente me conhecia e que estava indo para Wawa e que eu deveria ir com ela e ganharia qualquer coisa que quisesse”, o pequeno Sammy lembrou.

O garoto de 10 anos sentiu que havia algo de estranho na interação e começou a pensar no que poderia fazer. De repente ele percebeu uma loja familiar e decidiu se arriscar e entra na loja pedindo ajuda

Ele entrou na loja e correu em direção à caixa, sabendo que essa seria sua única chance de conseguir ajuda. Ele chegou perto da caixa e sussurrou algo em sua orelha que fez com que ela agisse.

O pai de Sammy contou o que seu filho pediu à caixa: “Ele pediu para ‘aja como se fosse minha mãe, essa mulher está me seguindo’”.

As imagens das câmeras do incidente mostram que quando a caixa ouviu Sammy, ela imediatamente se colocou entre ele e a mulher. A mulher enquanto isso tinha chegado na loja e estava na porta.

A caixa chegou à porta da loja e a fechou, deixando a mulher do lado de fora, e trancou a porta.

O dono da loja, Dani Small, falou sobre o incidente e elogiou sua funcionária por ajudar o garotinho com suas rápidas ações. Small disse: “Eu estou muito orgulhosa dela. Hannah é uma menina de 17 anos. Ela fez tudo de maneira correta”.

por ABC7 Chicago

A situação poderia ter sido bem mais complicada para a funcionária de 17 anos contornar ou lidar com, mas ela fez tudo para manter o garotinho seguro!

A mulher que estava tentando chamar Sammy foi presa pelas autoridades e está sendo encaminhada a auxílios psiquiátricos.

Nós apreciamos o ato dessa jovem mulher que ajudou a garotinha a escapar do perigo. Que incrível maneira de ajudar alguém em necessidade!

Se certifiquem de compartilhar o artigo para que outros também possam se inspirar a ajudar aqueles ao seu redor!