Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Mãe se choca ao ver estranho segurando seu bebê — ele diz cinco palavras que a fazem chorar

Já é sabido que o contato físico tem um efeito de cura sobre os seres humanos, e especialmente nos bebês prematuros. Pode ser difícil para estes recém-nascidos ficar longe de seus pais por um segundo. E a maioria deles tenta ficar na UTI com seus pequenos milagres tanto quanto for possível.

Mas, infelizmente, às vezes eles têm que fazer coisas como trabalho ou outraa tarefas. Quando isso acontece, ninguém pode se sentir culpado, mesmo que seja difícil deixar um bebê sozinho no hospital.

Mas no Children’s Healthcare of Atlanta, um hospital na Geórgia, alguém tem tornado a vida um pouco mais fácil para os novos pais nos últimos 12 anos. David Deutchman embalou milhares de bebês no hospital ao longo dos anos, tudo para ajudar nessa árdua tarefa.

Posted by David Deutchman on Thursday, 28 September 2017

Quinze anos atrás, David Deutchman se aposentou de uma longa e bem sucedida carreira no marketing comercial internacional. Mas como muitos outros aposentados, ele acabou tendo muito tempo livre e não sabia como poderia gastá-lo. Deu algumas palestras em universidades perto de sua casa, mas queria fazer algo mais para ajudar a sociedade.

Foi quando ele percebeu que poderia fazer algo para a geração mais nova que a sua. Ele foi ao Children’s Healthcare de Atlanta e perguntou se precisavam de algum voluntário e foi aceito. Durante o primeiro ano, David ajudou a unidade de terapia intensiva pediátrica, e mais tarde foi solicitado na unidade de terapia intensiva neonatal (NICU).

“Antes que você percebesse, eu estava segurando pequenos bebês”, David diz à revista People. “E 12 anos acabaram por voar voar”.

David tem 50 anos, é casado, tem duas filhas e dois netos. Ele diz que seu trabalho no hospital não só uma ajuda aos bebês, mas também é uma benção para ele.

“É muito gratificante. Não apenas porque você ajuda os bebês a parar de chorar. Adorei, mas não só por causa da conexão com os bebês, mas com toda a atmosfera do hospital “.

Photo courtesy 11Alive/NBC Atlanta

Posted by David Deutchman on Thursday, 28 September 2017

Mas David não está apenas lá para os bebês – também ajuda os pais quando precisam de um ombro para se apoiar.

“Eu falo com as mães e às vezes eu seguro suas mãos. Às vezes, segurar a mão de uma mãe é tão importante como pegar um bebê. Há muito estresse para esses pais. Ter alguém para dizer que podem ir tomar café da manhã e garantir que eu estarei lá com seu bebê, significa algo para eles. É importante “, disse David à revista.

Isso é algo que a mãe do pequeno Logan descobriu de primeira. Ela vai para casa todas as noites para dormir. Então, pela manhã, ela volta ao hospital para estar com seu filho na UTIN. Logan nasceu na semana 25 da gravidez e a mãe se sentia culpada de não estar com ele 24/7.

Até que um dia, tudo mudou. Ela chegou ao quarto e viu David sentado em uma cadeira segurando seu filho em seus braços.

Ele sorriu para ela e disse: “Oi! Eu sou o vovô da UTI “.

A mãe de Logan de repente começou a chorar e toda a sua culpa e tristeza foram embora.

Ela lutou para conter as lágrimas, mas conseguiu tirar uma foto de David e Logan. O hospital a publicou em sua página do Facebook, onde centenas de milhares de pessoas louvaram o “vovô da UTI”.

O hospital escreveu: “Esta foto captura apenas um momento precioso com um voluntário que está segurando pacientes e as mãos dos pais por 12 anos”.

They call him the ICU Grandpa. On Tuesdays, he visits the PICU to hold babies whose parents can’t be with them that day….

Posted by Children's Healthcare of Atlanta on Wednesday, 27 September 2017

David está feliz em embalar os recém-nascidos e ajudar os pais a atravessarem pelo tempo mais difícil de suas vidas.

“Se houver qualquer coisa que eu possa fazer, as pessoas sentem que estão sendo atendidas, é o que eu vou fazer.

Felizmente, vários canais de televisão e jornais deram destaque para este herói. Depois de 12 anos, o mínimo que podemos fazer é deixar mais pessoas saber sobre esse grande homem!

Por favor, ajude-nos a prestar homenagem a esse vovô incrível!

Publicado por Newsner. Por favor, curta.