Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Trabalhador de obra escreve mensagem para idosa doente – e cai em prantos quando lê a resposta

Gloria Porter, de 88 anos, deu entrada no Excela Frick Hospital, na Pensilvânia, por complicações de saúde. Qualquer pessoa que já tenha estado num hospital sabe que não é propriamente o lugar mais divertido do mundo e que o tempo pode se mover bem devagar enquanto você estiver por lá.

Para matar o tempo, Gloria se sentava e ficava olhando pela janela do seu quarto. Do outro lado, uma nova entrada do hospital era construída e vários operários trabalhavam no local. Observá-los no trabalho dava a Gloria algum leve entretenimento.

Em um dia muito frio e de neve, Gloria temeu pela saúde dos trabalhadores que bravamente escalavam vigas de aço dia após dia.

Um deles, Jeff Reick, avistara Gloria pela janela por vários dias. E ficou preocupado com ela. Ele acenava para Glória e ela respondia. Quando Gloria apertava os olhos ela viu que havia algo escrito com giz numa das vigas de metal. “Melhoras”, dizia a mensagem.

“Eu via a senhora olhando pela janela e pensava que poderia ser um gesto de carinho apenas dizer para que ela ficasse bem”, disse Jeff ao Pittsburgh’s Action News.

E Gloria não deixaria aquele recado passar despercebido.

Em resposta ao doce gesto de Jeff, Gloria criou sua própria mensagem: “Tenham cuidado!” escrito num papel e preso a sua janela.

Quando Jeff viu a nota ficou surpreso. Ele se virou para os colegas e disse: “vocês viram aquilo?”

Jeff ficou estupefato com a mensagem. Fora exatamente que ele e seus colegas precisavam ouvir naquele dia frio de inverno. Segurança é algo que eles levam muito a sério.

No mesmo dia, um desconhecido deu a Jeff e seus companheiro um envelope. Dentro havia dinheiro para o almoço de todos ali. Outro gesto que deixou aqueles homens aquecidos diante de tanto frio.

É incrível o poder que algumas palavras têm.

Compartilhe esta linda história com sua família e amigos, isso pode inspirar mais pessoas a alegrar o dia de um estranho.