Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Escândalo irrita defensores de animais: jóquei faz algo inacreditável e é flagrado pela câmera

Não importa se você monta cavalos para competir, como hobby ou simplesmente gosta de admirar estes belos animais — é claro que você sabe que nunca deve bater neles.

Mesmo assim, parece que algumas pessoas têm dificuldades de enteder isso — precisamos continuar a prestar atenção nesse comportamento inaceitável, por mais doloroso que seja assistir a essas cenas.

Afinal, se simplesmente nos calarmos e deixarmos isso continuar, como vamos poder acabar com os abusos contra animais?

Esse caso aconteceu na semana passada, na pista de corridas de Port Lincoln, na Austrália. A câmera flagrou o jóquei Dylan Caboche tentando controlar o cavalo “She’s Reneldasgirl”.

O aprendiz de jóquei Dylan Caboche, de 22 anos, parece perder a paciência e o controle quando não consegue fazer com o que o cavalo lhe obedeça.

De repente, ele dá um pulo e golpeia o cavalo na barriga, diante de vários espectadores chocados.

O vídeo foi publicado pelo canal de TV Brisbane 7 News e recebeu milhares de comentários furiosos. A Federation Thoroughbred Racing S.A Limited, que organiza as corridas de cavalo na Austrália, suspendeu Dylan por duas semanas, até 1 de dezembro.

Entretanto, os amantes dos animais estão furiosos com a decisão. Membros da coalisão para a proteção de cavalos de corrida na Austrália, CPR, acha que a punição é leve demais e está pedindo que ele seja banido em definitivo.

“Você não pode bater assim num cavalo e se safar”, afirmou Ward Young, porta-voz da organização. “Se os jóqueis não forem capazes de controlar seu temperamento, não merecem estar numa pista de corrida. Se isso é o que vimos num dia de corrida, diante do público, imaginem o que pode estar acontecendo por trás das câmeras.”

No dia seguinte, o jóquei tentou explicar seu comportamento, dizendo que foi um lapso.

“Eu compreendo que o que fiz foi totalmente inaceitável”, disse Dylan, em entrevista ao Channel 7. “Bater no cavalo obviamente não é a maneira certa de lidar com ele. Foi uma falha e nunca deveria ter acontecido.”

Alerta: as imagens podem ser perturbadoras.

Para mim, a punição de duas semanas é absolutamente inaceitável, um escândalo. Pessoalmente, acho que ele deveria ser banido para sempre!

Compartilhe se você concordar!

Publicado por Newsner. Por favor, curta.