Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Grávida filma seu ultrassom – então o médico pede que ela desligue a câmera imediatamente

Quando Jessica Capitani foi ao hospital para sua primeira ultrassonografia, estava cheia de alegria.

Como muitos outros pais, estava curiosa e fascinada pelo pequeno ser humano que crescia dentro da barriga dela.

“Eu pensei que o ultrassom naquele dia seria apenas para descobrir o sexo do meu bebê. Eu era tão ingênua e não pensei nas outras coisas para as quais os ultrassons são realmente realizados”, Jessica contou ao Little Things.

Jessica posou feliz com as fotos do ultrassom junto com o marido, Frank. Eles filmaram tudo com uma câmera.

“Nós vimos que era um menino na tela de ultrassom. Não podíamos esperar para contar a todos na família”, lembra Jessica.

Mas apenas alguns segundos depois, sua felicidade foi despedaçada.

Porque logo após o sexo do bebê ter sido revelado, o médico apontou para a tela e pediu a Jessica para desligar a câmera.

“Você provavelmente não vai querer gravar isso”, advertiu o médico Jessica.

A razão dele fez com que seu coração parasse.

Eles logo descobriram que o filho de Jessica estava lutando com uma série de complicações.

Muitos deles não ameaçavam a vida – mas outros eram muito sérios.

O médico explicou que o menino nasceria com síndrome de Down, fluido no cérebro e problemas cardíacos.

Durante muito tempo, os médicos não tinham certeza se o filho de Jessica e Frank sobreviveria ao nascimento. Jessica foi questionada se queria interromper a gravidez.

Mas, apesar das advertências de médicos e amigos, Jessica escolheu dar à luz.

O nascimento prosseguiu sem complicações, e a família nunca desistiu do seu pequeno milagre.

Seu filho, Caden, nasceu em 1995 – Jessica já tinha até o nome escolhido que significa “espírito de luta” em gaélico. Era um nome apropriado para o bebê.

Porque esse garotinho era único…

Talvez tenha sido a esperança inabalável da família que fez de Caden um menino forte e saudável. Ele superou amplamente todas as expectativas dos médicos.

Ninguém acreditava que o menino viveria uma vida “normal”, mas Caden provou que todos estavam errados.

Hoje Caden é um verdadeiro raio de sol que sempre vê o lado positivo na vida. Ele espalha alegria e energia onde quer que vá.

Estou tão feliz que a mãe de Caden tenha seguido seu instinto e ter feito tudo o que podia para trazer Caden ao mundo.

Compartilhe esta história incrível se você também acredita que toda vida merece uma chance!

Publicado por Newsner. Por favor, curta.