Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Médicos achavam que era apenas um hematoma: mas imediatamente perceberam o erro

A gravidez de Rebecca tinha sido difícil, e devido ao excesso de fluido ao redor do feto, os médicos decidiram fazer o parto mais cedo.

Ninguém tinha a menor idéia de que havia algo de errado com a pequena Matilda até cerca de meia hora depois de ter nascido.

Quando ela veio ao mundo, tinha uma grande marca azul no rosto que se estendia por um lado do corpo. Na primeira, os médicos achavam que era apenas um hematoma – então perceberam seu enorme erro.

Apenas 30 minutos depois, os médicos disseram aos pais que era uma marca de nascença.

Após semanas, Matilda foi diagnosticada com síndrome de Sturge Weber, uma doença neurológica de pele muito rara que também causa paralisia, dificuldades de aprendizagem e convulsões.

Matilda rapidamente ficou tão doente que teve que ser internada no Adler Hey Children’s Hospital em Liverpool, Inglaterra.

Em apenas alguns dias, a felicidade dos pais se tornara preocupação. Eles não sabiam se veriam a filha viva novamente.

Além de tudo, souberam que Matilda tinha dois buracos em seu coração. Mas ela era uma pequena lutadora e, embora houvesse uma grande chance de não sobreviver, conseguiu passar por uma cirurgia.

Matilda iniciou o tratamento a laser para remover as marcas de nascença. Mas pode demorar até 16 anos antes de desaparecer completamente.

Ela tem sessões a cada dois meses, e o laser faz com que pareça mais vermelho e o rosto fica coberto de bolhas depois”, o pai Paul de Matilda contou ao Daily Mail e continua:

As pessoas pensam que somos pais ruins – que, de alguma forma, causamos o que Matilda tem”.

Apesar de dolorosos e regulares tratamentos com laser, Matilda é uma menina muito feliz.

Mas há muitas pessoas que encaram Matilda e sua marca de nascimento. Algumas já até perguntaram a Paul e Rebecca se eles deixaram sua filha muito perto de um radiador e que ela fosse queimada.

Além da marca de nascença em seu rosto, a doença também fez com que Matilda se tornasse quase cega.

Ela também não pode caminhar, mas graças a andador especial, ela já consegue dar alguns passos.

Toda a vida de Matilda tem sido uma luta, mas apesar disso ela tem um sorriso para todos que conhece. Seu pai diz que ela é uma garotinha obstinada.

A família iniciou uma campanha no GoFundMe para arrecadar dinheiro para uma nova cadeira de rodas.

Por favor, ajude-nos a COMPARTILHAR a história de Matilda para que mais pessoas possam ajudar a brava menina a ter a nova cadeira de rodas!

 

Leia mais sobre...