Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Mulher tem parada cardíaca durante o parto — marido sussurra palavras no ouvido dela e fica pálido

Doug e Melanie Pritchard esperavam uma gravidez tranquila do seu segundo filho.

A gravidez de Melanie havia progredido exatamente como deveria, mas quando ela chegou ao hospital, tudo mudou.

Melanie disse a uma das parteiras que algo estava errado. Ela sentia tonturas e náuseas. Os médicos tentaram descobrir o que estava acontecendo, mas não conseguiam achar qualquer coisa. Nem com ela ou com o bebê.

Depois disso, tudo aconteceu rapidamente. A saúde de Melanie piorou dramaticamente e todos os monitores e telas da sala começaram a piscar freneticamente. O coração de Melanie havia parado.

Ela sofreu uma embolia do líquido amniótico, que é algo raro em partos. Isso ocorre aproximadamente 1 em cada 80 mil nascimentos. Acredita-se que seja causado pelo fluido amniótico entrando em contato com as células sanguíneas da mãe e a circulação.

O líquido amniótico contém muitas partículas que, se entram na corrente sanguínea da mãe, podem causar a reação incrivelmente rápida e repentina que ocorreu em Melanie.

Melanie recebeu cuidados de emergência e seu bebê nasceu com sucesso por cesariana. Mas Melanie não resistiu. Ela foi declarada morta e os membros da família vieram despedir-se de sua amada mãe, esposa e filha. Mas 24 horas depois, aconteceu algo que chocou a todos.

Doug e Melanie Pritchard eram felizes e casados há três anos quando descobriram que iam estender sua família.

Mas durante o nascimento, tudo deu errado. Melanie foi atingida por uma embolia do líquido amniótico e parou de respirar. Embora os médicos a tenham levado para a sala de operações, eles não conseguiram trazer Melanie de volta à vida.

Seu coração parou de bater e ela foi declarada clinicamente morta. Os médicos disseram que Melanie precisaria de um transplante de coração ou pulmão e que, mesmo que ela sobrevivesse, provavelmente teria sequelas cerebrais pelo resto de sua vida. Mas eles finalmente conseguiram trazer Melanie de volta à vida, mas a situação parecia sombria.

“Minha esposa estava clinicamente morta quando minha filha nasceu”, diz o marido Doug. “Meu primeiro pensamento foi que eu seria um viúvo”.

Os médicos disseram a Doug que se preparasse para se despedir de sua esposa. Foi quando ele se inclinou sobre sua esposa para dar-lhe um último beijo, adeus.

“Se você tem alguma força em você, comece a lutar!”, ele sussurrou para Melanie.

E parece que essas poucas palavras deram a Melanie a força de que precisava. Quase 24 horas depois que Melanie perdera a consciência, ela abriu os olhos novamente. Doug mostrou-lhe uma foto de sua filha, Gabriella, que tinha sobrevivido contra todas as probabilidades enquanto Melanie lutava por sua vida. É difícil imaginar a alegria que esse casal deve ter sentido.

Algumas horas depois, Melanie já conseguia respirar sozinha. Apesar do que os médicos haviam pensado, ela não precisaria de um transplante. Ela até conseguiu se recuperar sem medicação. Dentro de uma semana, ela foi milagrosamente capaz de retornar a sua família.

“Sua recuperação foi um milagre. O fato de que ela está viva é um milagre “, diz Doug.

Não é um espantoso que Melanie tenha sobrevivido a isso e tenha tido uma recuperação completa? Ajude-nos a enviar-lhe os nossos parabéns e desejamos a ela e à sua família o melhor para o futuro!

Compartilhe se você acha que milagres acontecem com aqueles que acreditam neles e enviam seus desejos para esta bela família!

Publicado por Newsner. Por favor, curta.

 

Leia mais sobre...