Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Você sabia que Patrick Swayze era capaz de cantar assim tão lindamente?

O que parecia um par improvável se tornou em um lindo dueto durante um concerto de tributo para Roy Orbison, falecido em 1988.

Patrick Swayze e Larry Gatlin, que eram bons amigos e já cantavam juntos, decidiram cantar uma versão de “Love Hurts”. A performance única na vida foi uma surpresa para muitos.

Mas, a dupla improvável tinha uma história para contar.

“Nós éramos bons amigos”, Gatlin compartilhou em uma entrevista da CNN após a morte de Swayze em 2009.

“Eu o conheci em 1986. Eu estava em um elevador em Austin, Texas, numa feira. O elevador se abriu e eu disse: ‘Patrick Swayze. Eu amo você como ator”. Ele disse: ‘Larry Gatlin, eu adoro sua música’. Respondi: ‘Vamos ser amigos’. E ele: ‘Essa é uma boa idéia’”.

Juntos, Larry Gatlin e Patrick Swayze, escreveram a música “Brothers”, para a trilha sonora do filme Swayze, Next of Kin.

No que diz respeito à música, Swayze é provavelmente mais conhecido por “She’s Like the Wind”, escrita e interpretada para o filme “Dirty Dancing” – embora nunca tenha decidido se é ele cantando (Wendy Fraser também canta a música e as opiniões são muitas).

Dito isto, Swayze era um homem de muitos talentos. Não era apenas cantar e dançar, podia escrever e compor música e era um músico bem-formado!

Todo mundo deveria ouvir esta bela versão de “Love Hurts” e lembrar-se de Patrick Swayze pelo incrível homem que era!

Por favor, compartilhe se você acha que Patrick Swayze era um ator maravilhoso, dançarino e cantor!

Publicado por Newsner. Por favor, curta.