Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Conhecida como ‘a menina mais cabeluda do mundo’, jovem de 17 anos muda após conhecer sua alma gêmea

Todos os seres humanos valem a pena, independentemente da aparência. O mesmo vale para Supatra “Natty” Sasuphan, de Bangkok, na Tailândia.

A jovem de 17 anos sofre da chamada “doença de lobisomem”.

Por sorte, Natty sempre viveu cercada de amigos que a amam por quem ela é.

“Não me sinto diferente de mais ninguém e tenho muitos amigos na escola”, disse Supatra, quando foi reconhecida pelo Guiness Book of World Records como a adolescente mais cabeluda do mundo em 2010.

Agora, Natty está com 17 anos e raspou todo o espesso cabelo facial depois de conhecer o amor de sua vida. É uma mensagem para todos sobre se amar por quem você é. Definitivamente vale a pena compartilhar!

Facebook

Uma doença rara faz Supatra ter grossos fios de cabelos por todo o corpo. Em 2010, quando recebeu o título do Guiness Book of World Records ela disse: “Ser peluda me faz especial”.

Natty é portadora daa síndrome de Ambras, uma doença rara e sem cura, como informa The Daily Mail.

Facebook

A menina é apenas um dos 50 casos no mundo conhecidos com a doença. Ela é causada por um cromossomo incorreto e foi documentada na Idade Média. Antes que as pessoas a entendessem, quem a tinha era chamado de “lobisomem”.

Supatra tem cabelos grossos que crescem por todo o rosto, ouvidos, braços, pernas e costas. Ela tentou a cirurgia a laser, mas não conseguiu parar o crescimento dos fios.

Facebook

Mas enquanto a maioria das pessoas afetadas pela doença se esconde, Supatra é uma garota confiante e com muitos amigos.

Ela era uma das meninas mais populares da escola, e todos querem ser amigos dela.

“Havia algumas pessoas que me provocavam e me chamavam de cara de macaco, mas não ligava”, disse Supatra ao The Daily Mail há alguns anos.

Facebook

Apesar de sua aparência incomum, Supatra cresceu da mesma forma que a maioria das crianças de sua idade. Ela adora nadar, dançar a sua música favorita e sair com seus amigos.

Supatra sonha em ser médica para ajudar pessoas doentes e necessitadas.

Facebook

Mas o futuro da menina nem sempre pareceu brilhante. Quando ela nasceu, foi obrigada a passar por duas operações, apenas para poder respirar.

Seu pai Sammrueng, 38, diz: “Descobrimos a condição de Supatra somente quando ela nasceu”.

Facebook

No início, Supatra tinha dificuldades em respirar. Durante os primeiros três meses, ela foi mantida em uma incubadora para ajudá-la a sobreviver. Ela passou cerca de 10 meses no hospital.

“Nós estávamos muito preocupados com ela”, diz o pai Sammrueng.

Enquanto Supatra crescia,, o cabelo crescia juntos. E sua mãe regularmente o cortava para ela.

Facebook

Hoje, aos 17 anos, Supatra é saudável e feliz. E não só isso, mas ela acabou de conhecer o amor de sua vida!

Facebook

Seu pai confirmou que ela ainda convive com a doença, mas que começou a raspar o rosto e o corpo depois de conhecer seu namorado.

Facebook

Natty orgulha-se de mostrar seu amor no Facebook e só tem coisas boas a respeito de seu parceiro. Que maravilhoso é eles terem se encontrado!

“Não é apenas o meu primeiro amor, você é o amor da minha vida”, escreveu numa foto do casal no Facebook.

Facebook

Natty é uma otimista eterna e uma garota forte que está cheia de amor, apesar de sofrer com uma difícil condição.

Ela está orgulhosa de quem ela é e quer ser tratada do mesmo modo que todos os outros.

Todo mundo merece ser amado e encontrar seu parceiro. Curta e compartilhe para nos ajudar a desejar Supatra toda a sorte no mundo!

Publicado por Newsner. Por favor, curta.