Ameaça invisível: homem luta pela vida depois de contrair bactérias letais em viagem de família

O mundo pode ser um lugar assustador e imprevisível. Infelizmente, muitos de nós sabemos disso: nossas fortunas podem se transformar em centavos e coisas que você não imaginaria possíveis podem se tornar realidade mais cedo do que você poderia imaginar.

Uma família está em estado de choque e um homem luta pela vida após contrair uma bactéria que come carne durante uma viagem de caiaque em Second Creek.

Segundo relatos, Ricky Rutherford e sua esposa Cassey, ambos do Alabama, passaram um dia andando de caiaque com seus filhos. Quando Ricky voltou ao trabalho após a viagem, no entanto, sua temperatura chegou a 39 graus e ele estava com cãibras nas pernas.

Ricky acreditava que era apenas resultado de trabalhar em um depósito em um dia muit quente. Porém, era algo mais aterrorizante.

Posted by Ricky Rutherford on Saturday, 12 October 2013

Quando chegou do trabalho no dia seguinte, Ricky viu que sua perna estava vermelha e inchada. A esposa Cassey contou em um post no Facebook:

“Quando ele se despiu, viu que sua perna estava vermelha e inchada. Nós fomos imediatamente ao pronto-socorro e nos disseram que era possivelmente algo decorrente da nossa viagem de caiaque no sábado e o tratamos com antibióticos IV e fomos para casa com mais dois. Eles disseram que se houvesse alguma mudança era para voltarmos.

I should have posted the whole story when asking for prayers because now my phone is blowing up. Thank you guys for…

Posted by Cassey Rutherford on Wednesday, 10 July 2019

Infelizmente, a condição de Ricky piorou ainda mais. Ele foi levado às pressas para o hospital na manhã seguinte, onde os médicos fizeram testes que descobriram uma variedade de bactérias que comiam carne.

Foi feita uma cirurgia de emergência em que um pedaço de 10 a q5 cm de sua perna foi retirado e enviado para testes. Na segunda-feira, confirmou-se que Ricky havia contraído fasceíte necrosante.

“Meu marido está lutando pela vida por causa dessa coisa horrível”, Cassey continuou. “O que parecia ser uma atividade divertida e normal que desfrutamos como uma família se transformou em um pesadelo.

Ok guys sorry it’s been so long for an update but we have been waiting on one ourselves. They finally called in an…

Posted by Cassey Rutherford on Thursday, 11 July 2019

De acordo com o Centers for Disease Control and Prevention, acredita-se que a doença tenha entre 700 e 1.200 casos confirmados nos EUA desde 2010.

Cassey quer conscientizar as pessoas de que, ao contrário da opinião popular, a vítima não precisa apresentar feridas abertas.

Falando ao WAFF, ela disse: “Não havia nada. Mas os médicos nos disseram que  poderia ser um buraco microscópico e ainda assim se espalhar. É difícil acreditar que meu marido, tendo o sistema imunológico mais saudável que eu conheço, teve isso.

“Ele nunca fica doente. Ele nem tem médico. Saber que ele pegou isso quando o resto de nós não teve nada é insano. Eu não quero que ninguém mais passe por isso. No sábado, eu estava tendo que pensar em enterrar o amor da minha vida. Ninguém deveria ter que passar por isso. Não entre nessa água! Não é seguro. Não comprometa sua família por um dia de diversão.”

Estamos enviando todas as nossas orações e pensamentos na direção de Ricky, na esperança de que ele possa se recuperar.

Compartilhe este artigo no Facebook para fazer o mesmo!