Menina com Down não percebe que é vítima de bullying — jogadores param partida de basquete para ajudar

Se há uma coisa que ferve o meu sangue mais do que qualquer outra coisa, é bullying.

Infelizmente, tem sido um problema endêmico na sociedade desde que os humanos são … bem, humanos. Uma parte do crescimento é entender que todos merecem ser tratados com igual respeito e gentileza. Diferenças não devem ser ridicularizadas, devem ser celebradas.

Porém, nem todos aprendem isso. Alguns nunca aprendem. São esses tipos de pessoas que precisam ser ensinadas de tempos em tempos e é por isso que considero os eventos que se desenvolveram na Lincoln Middle School dignos de tributo.

Scooter Terrien, Chase Vasquez e Miles Rodriguez podem parecer adolescentes comuns, mas quando eles intervieram para evitar que um grupo de valentões provocasse uma líder de torcida com síndrome de Down, mostraram que eles eram rapazes especiais…

Desiree Andrews é uma líder de torcida na Lincoln Middle School. Como tal, seus deveres incluem torcer nos eventos esportivos. Claro, as palavras às vezes podem falhar, mas ela não tem medo de dançar ao ouvir a música do time local.

Acontece que Desiree é amiga de Scooter, Chase e Miles, e eles fariam qualquer coisa para protegê-la. É por isso que quando viram valentões provocando Desiree durante uma partida, eles desenvolveram um plano de jogo que era ao mesmo tempo inteligente e poderoso.

“Nós olhamos por um tempo, para ver se estávamos vendo corretamente”, disse Scooter.

Quando perceberam o que era, os meninos sabiam que tinham que agir. Eles deixaram o banco durante a pausa e se aproximaram dos valentões.

Com toda a escola assistindo, eles tomaram uma posição a favor de Desiree quando ela mais precisava.

Os valentões tiveram rapidamente uma lição. Pode ter sido um pequeno gesto, mas foi o suficiente para ter um efeito duradouro tanto em Desiree quanto em seu pai, que não poderia ficar mais grato.

Lutando contra as lágrimas, o pai de Desiree disse: “Eu só queria que eles soubessem, como pai, o quanto eu gostei”.

Enquanto isso, os pais dos garotos estão explodindo de orgulho. Quando você cria um filho, quer que ele seja justo e corajoso diante da adversidade; para exemplificar as virtudes honrosas que você espera ter ensinado a ele. Quando seu pai diz que você é um herói, você sabe que é um vencedor!

Assista ao vídeo abaixo sobre o acontecimento:

É ótimo ver jovens enfrentando todas as formas de bullying, e estamos muito felizes em ver Desiree continuar fazendo o que gosta.

Compartilhe esta história para prestar homenagem aos rapazes que ajudaram Desiree, e para mostrar que você apoia o anti-bullying!