Polícia arromba a porta e encontra duas crianças na cama ao lado do pai morto

Chris Daykin era um marido amável e um pai caseiro que vivia em Halifax, na Inglaterra, com sua esposa Helen e suas duas filhas. Como Helen viajava bastante a trabalho durante a semana, Chris ficava tomando conta das crianças, garantindo que elas fossem à escola todos os dias.

Ele realmente amava estar disponível para passar bastante tempo com suas filhas, Pearl, 4, e Iris, 2. Ele cuidava delas e fazia tudo que um bom pai poderia fazer.

Mas, um dia, suas vidas tomaram um rumo trágico. Chris, que sempre levava suas crianças para escola com pontualidade, não apareceu com elas.

Posted by Helen Daykin on Saturday, 9 May 2015

Quando a escola de Pearl tentou ligar para Chris, ele não atendeu. Então eles tentaram contatar Helen, que estava trabalhando em Londres.

Helen também tentou ligar para Chris naquela manhã, mas quando ele não atendeu, ela presumiu que ele estava ocupado com as garotas ou não tinha o telefone junto a ele naquele momento.

Não demorou muito para que ela descobrisse o que tinha acontecido.

A avó das crianças foi até a casa de Chris e Helen, mas não conseguiu abrir a porta.

Foi então que ela notou que as persianas estavam fechadas e que havia uma caixa de leite largada na mesa.

Ela ficou preocupada e chamou a polícia.

Posted by Helen Daykin on Tuesday, 15 August 2017

A polícia correu até a casa e arrombou a porta. Foi então que eles viram uma cena horrível.

Na cama, Pearl e Iris deitadas ao lado de seu pai morto.

Chris morreu de um ataque cardíaco na noite anterior

Helen não descobriu que o marido tinha morrido até às 8 horas da noite. Naquele momento, suas filhas estavam sozinhas com o pai há quase um dia inteiro.

Além de ter que lidar com o fato de que seu marido estava morto, ela também foi forçada a viver com a informação de que suas meninas estavam sozinhas com ele naquele momento.

As crianças passaram o dia inteiro no andar de cima. Elas haviam brincado com os sapatos de Helen e se maquiaram, mas não tinham ousado descer as escadas, por medo de deixar o pai sozinho.

Posted by Helen Daykin on Monday, 13 October 2014

Quando elas não conseguiram acordar seu pai, encontraram comprimidos e colocaram na sua boca.

Depois de um tempo, acabaram por desistir e foram para a cama com ele.

Deve ter sido terrível para Pearl e Iris, mesmo que não tivessem entendido completamente o que aconteceu.

Apesar de ter passado mais de um ano desde que Chris faleceu, Helen quer compartilhar a história trágica da família para tornar as escolas mais conscientes do que fazer se uma criança não aparecer na escola.

Posted by Helen Daykin on Friday, 27 May 2016

Na maioria das vezes, tudo se resume ao fato de que os responsáveis se esqueceram de ligar para informar que seu filho não está bem e não estará na escola, mas sempre há uma chance de que seja algo muito pior.

No pior dos casos, pode ser uma tragédia, como o que aconteceu com Chris. Também pode ser o caso de um professor descobrir um abuso ocorrendo em uma casa quando eles ligam para a família.

Hellen conta à BBC como é importante seguir determinados procedimentos ao tentar contatar os familiares. Se a mãe ou o pai não atende, ligue para outro contato pessoal. Se você não tiver nenhum, certifique-se de alguém fazer uma chamada para a casa da criança e se ela ainda não apareceu na escola.

Compartilhe esse artigo com seus amigos do Facebook para que mais pessoas estejam alertadas a respeito da importância de contatar familiares e responsáveis se crianças não aparecem na escola.

Publicado por Newsner. Por favor, curta.