Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Policial encontra bebê em carro trancado e quente – quebra a janela, mas se dá conta de que cometeu um erro

Nós já escrevemos antes sobre pais que vão às compras em dias quentes e deixam os bebês dentro do carro. Fazer isso não é só irresponsabilidade, é também muito perigoso. Se ficar muito tempo no carro quente, a criança pode desmaiar com o calor, ou até mesmo morrer.

Acontece com alguma frequência que policiais fiquem atentos para situações deste tipo e prestem atenção em estacionamentos durante dias muito quentes.

Um destes policiais foi Jason Short, de Keene, New Hampshire. Ele estava de serviço quando recebeu uma chamada sobre um bebê que haveria sido deixado sozinho dentro de um carro no estacionamento do Walmart, num dia muito quente.

Mas ele nunca poderia imaginar o que aconteceria a seguir.

 

Jason não hesitou: correu até o local, assim que recebeu a chamada sobre a criança.

“Cheguei lá o mais rapidamente que pude”, disse ele, numa entrevista para a WMUR. “Não sei quanto tempo levei, mas foi rápido.”

Ao chegar, Jason pôde ver pela janela do carro um bebê embrulhado num cobertor, com os pés para fora.

Era um dia muito quente e Jason não podia imaginar por quanto tempo o bebê teria estado ali. Ele quebrou a janela com o cassetete para resgatar a criança.

© Inside Edition

Com cuidado, Jason tirou o bebê do carro, mas temeu que ele pudesse já estar morto. Parecia inerte e estava muito pálido, com uma cor estranha na pele.

Uma multidão logo se formou e Jason começou a realizar procedimentos de reanimação. Uma ambulância foi chamada.

Foi quando Jason percebeu que algo não estava certo. Ele começou a sentir que algo estava muito estranho.

Ele percebeu que o que tinha nos braços era, na verdade, uma boneca realista – e não um bebê, de jeito nenhum.

© Facebook/Reborn,Sweet

A dona da boneca, Carolynne Seiffer, voltou de suas compras para encontrar a janela de seu carro quebrada e uma multidão em volta de sua boneca de 2 mil dólares, que ela chama de Ainsley.

“Ficaram rindo de mim e eu fiquei envergonhada por ter causado tantos problemas”, ela disse à WMUR.

De acordo com o Washington Post, Carolynne possui cerca de 40 dessas bonecas realistas, que usa para ajudar a lidar com a morte de seu filho.

Aparentemente, essas bonecas podem funcionar como um processo de cura para pais que estão em luto.

“Você não pode saber como as pessoas escolhem lidar com suas perdas na vida”, diz ela.

© Inside Edition

Jason ficou um pouco envergonhado depois de perceber que havia resgatado uma boneca, mas diz que não tem arrependimentos e, além de tudo, está aliviado porque não era um bebê real.

“Eu nunca imaginaria que fosse uma boneca”, disse ele à WMUR. “Eu sempre parto do princípio de que pode ser uma criança. Não faria nada de diferente”.

O departamento de polícia de Keene pagou os 300 dólares do conserto da janela de Carolynne.

Assista a seguir a notícia do Inside Edition sobre o incidente:

Esta história é bastante incomum, mas o mais importante é que ninguém ficou ferido. Se você possuir uma dessas bonecas, a polícia recomenda que você as deixe no porta-malas do seu carro, ou as carregue com você – por razões óbvias.

Compartilhe esta história com seus amigos para espalhar a notícia!

Publicado por Newsner, curta por favor.

 

Leia mais sobre...