Racista ofende idosa em voo, mas equipe a troca de lugar - e enfurece a internet

Racista ofende idosa em voo, mas equipe a troca de lugar – e enfurece a internet

Às vezes é tudo o que posso fazer é parar, respirar fundo, fechar os olhos e imaginar para onde o mundo está indo. Ultimamente, parece que estamos fazendo avanços incríveis em muitos campos. Porém, estamos dando passos para trás em outros.

Uma coisa que eu acho que nunca serei capaz de realmente entender é porque algumas pessoas se acham melhores do que outras com base na aparência física, raça ou situação financeira. Pior ainda, são aqueles que acreditam que têm o direito de ofender outros com base nesses fatores. Essas almas sem coração me deixam com muita raiva.

Um exemplo específico de comportamento tão abominável pode ser testemunhado em um vídeo recente que se tornou viral no Facebook, no qual uma mulher jamaicana de 77 anos sofreu abuso racial em um voo da Ryanair . Como se essa humilhação não fosse suficiente, a equipe a bordo do avião escolheu trocá-la de seu assento em vez do agressor.

Conforme relatos, foi no voo FR015 da Ryanair de Barcelona para Londres que o incidente ocorreu. Quando os passageiros sentaram-se, um homem ficou impaciente com uma mulher de 77 anos que estava se movendo devagar. Segundo a filha da mulher, a idosa sofre de osteoartrite.

O homem, que estava ao lado dela, então começou então a insultá-la. Entre outras coisas, ele disse: “Eu não quero sentar perto de você, sua vaca feia”, além de chamá-la de “negra desgraçada”.

Sem razão, continuou as ofensas ignorando os outros no avião que lhe diziam para se acalmar. Felizmente, no entanto, tudo foi filmado e se tornando viral logo depois.

O que causou maior fúria foi a maneira pela qual a equipe da Ryanair escolheu lidar com a situação. Quando chamados a intervir, eles optaram por trocar a vítima do abuso racial de lugar, não o homem que estava tão empenhado em xingá-la, dando-lhe exatamente o que ele queria.

Os passageiros, enquanto isso, defendiam os direitos da mulher, discutindo com a equipe e com o homem em questão.

Depois do acontecido – e depois de o vídeo já ter viralizado – a Ryanair divulgou um comunicado no Twitter explicando que assunto agora é com a polícia e que não poderiam comentar.

O fato de a Ryanair ainda não ter emitido um pedido de desculpas é, na minha opinião, absolutamente chocante.

Por favor, compartilhe este artigo no Facebook para mostrar que você é contra o comportamento racista em qualquer forma!