Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Doença desconhecida faz com que menino de quatro anos de idade pareça um idoso

Bayzid, de quatro anos, não se parece aos seus colegas. Sua pele flácida e as rugas o deixam parecido com um idoso.

Mas a razão da aparência incomum de Bayzid é ainda desconhecido. Nos últimos quatro anos, os médicos consultados não conseguiram diagnosticar um porquê da sua doença.

 

Todos nós somos diferentes e é importante lembrar que é o que está por dentro das pessoas é o que importa. Mas quando o filho de Tripty Begum e Lavlu Sikder nasceu há quatro anos, rapidamente perceberam que algo não estava certo. Seu garoto, Bayzid, era fraco e parecia um homem velho.

Hoje, Bayzid vive em Magura, Bangladesh. Está mais forte agora, mas seus médicos ainda não tem idéia do mal que ele padece. Em casa, ele é uma criança normal e seus pais fazem tudo para fazê-lo feliz. Mas, infelizmente, parecer diferente dá uma atenção indesejada a Bayzid quando ele sai na rua.

“Quando eu ou meu marido levamos Bayzid para um mercado local ou em qualquer lugar onde há pessoas, elas olham para o meu filho com galhofa ou surpresa”, diz a mãe de Bayzid, Tripty.

Felizmente, a casa e o bairro de Bayzid são um refúgio seguro. Lá, todo mundo o conhece e o ama por quem ele é.

Bayzid é um garoto divertido que adora futebol e gosta de brincar com seus primos. Mas sua doença não apenas afeta sua aparência. Ele também teve várias complicações e invariavelmente fica bastante doente. O garoto já teve problemas de pressão arterial, no fígado, nos rins, entre outros.

“Diariamente, Bayzid sente os efeitos de sua condição”, diz o pai, Lavlu.

Bayzid e seus pais passaram muito tempo no hospital e conheceram inúmeros médicos. E agora, finalmente, parece haver esperança.

Recentemente, alguns médicos descobriram um tratamento que alivia os sintomas da doença do menino. Mas como é muito caro, a família não tem condições de pagar.

“Eu sempre me sinto mal porque não posso arcar com o custo da medicação de Bayzid”, disse o pai.

Embora o tratamento e a medicação sejam caros, os pais de Bayzid têm esperança de que o futuro seja melhor. Eles acreditam que um dia haverá uma cura que possa tornar seu filho completamente saudável.

“Eu acredito que o tratamento do meu filho é possível e vou tentar todas as opções para curá-lo para que um dia eu possa vê-lo viver como todos os outros”, disse a mãe de Bayzid.

Conheça Bayzid neste vídeo:

Nós realmente esperamos que Bayzid obtenha o tratamento que ele precisa.

Por favor, compartilhe sua história para que mais pessoas possam aprender sobre sua doença incomum.

Publicado pelo Newsner. Por favor, curta.

 

Leia mais sobre...