Adolescente que não esperavam viver mais de 18 meses se forma no ensino médio com prêmio especial

Adolescente que não esperavam viver mais de 18 meses se forma no ensino médio com prêmio especial

Quando Braden West nasceu, os médicos disseram a seus pais que ele não sobreviveria.

O garotinho tinha tudo contra ele – sua condição que ameaçava sua vida levaria a um milagre após o outro.

Hoje, Braden tem 22, e comemora sua vida ao se tornar um bombeiro.

Facebook / Michele Eddings Linn

Braden West nascei com uma rara condição craniofacial, a síndrome de Pfeiffer Tipo 2, o que causa a crânio a se formar de maneira errada e um cérebro mal desenvolvido. Sua mãe, Cheri, entendeu que havia algo de errado e informaram sobre a condição de seu filho duas semanas antes dele nascer.

“Digo, ele estava chutando na minha barriga e eu rezava para Deus que pudesse levar ele para casa”, Cheri contou à News Nation Now em 2020, adicionando:

“Parecia que ele não iria ter a parte de trás da cabeça. Parecia que ele nasceria com dentes. Parecia uma situação muito ruim.

Mas quando Braden nasceu, Cheri imediatamente formou laços com o menino especial.

Infelizmente, Cheri também sentia que não havia muito que ela pudesse fazer para salvar o bebezinho. Muitas das crianças com a condição de Braden não sobrevivem após o nascimento. No caso de Braden, não se esperava que ele passasse dos 18 meses.

Facebook / Michele Eddings Linn

“Eu disse Deus, por favor só me deixe ter ele por um pouquinho”, contou Cheri.

“Há uma foto dele de quando ele nasceu e mostra o crânio dele muito bem, uma forma de trevo bem distinta”, Cheri contou ao The Owensboro Times, adicionando:

“Com um mês de idade eles nos deixaram levar ele para casa. Ele não estava bem, eles sabiam que ele não iria resistir. Nós levamos ele para casa para conhecer a todos para que ele não morresse em um hospital.”

Mas desde seu nascimento, Braden está desafiando todas as adversidades. Com o auxílio de sua amorosa família, o garotinho começou a mostrar sinais de melhor.

“Ele passou por mais de 30 cirurgias, ele fez uma traqueotomia com apenas 3 meses, e uma vez fez um procedimento com apenas 10% de chance de sobrevivência”, Cheri disse. “Nós tivemos que assinar documentos de ONR, dizer nossos adeuses e tudo. Ao invés de notícias ruins, os médicos saíram e disseram que estava tudo bem.”

 Além de todo o auxilio da amorosa família, ele também formou um vínculo especial com a enfermeira registrada Michele Eddings Linn.

Quando Braden era um bebê, sua saído entrou em declínio e seu futuro parecia incerto.

“Tudo que uma mãe não quer ouvir foi o que eles disseram a nós. É incrível o que você pode ultrapassar com a fé em Deus. Qualquer um que nos conhecia estava rezando por nós”, Cheri disse.

Michele estava ao seu lado na noite em que Braden quase perdeu sua vida. “Eu apenas lembro, sabe, rezar, ‘Senhor ou leve ele para casa ou deixe ele melhor’”, ela disse. “Porque ninguém aguentava assistir ele passando por isso.”

I’m not crying… your crying!!

Posted by Cheri West on Tuesday, May 25, 2021

Linn disse que quando o bebê Braden passou por aquela noite ele foi seu primeiro paciente que conseguiu sair dos cuidados do estabelecimento. Agora os dois estão tão próximos que Braden até mesmo perguntou a Michele, a quem ele se refere como seu “anjo”, a tirar suas fotos de terceiro ano.

“Há 17 anos eu chorei porque eu pensei que o tempo dele na Terra estava terminando, e agora estou chorando porque ele está se formando no ensino médio e sua vida está apenas começando!”, Linn escreveu em um post de Facebook.

“Ver ele se tornar estre incrível jovem foi comovente, mas eu ainda estou tão orgulhosa”, a mãe CHeri contou ao The Epoch Times.

“Quando eu estava assistindo ele andar na fila, todas as emoções dos primeiros meses de sua vida vieram como uma enxurrada. Tudo em que eu conseguia pensar era, ele não deveria estar fazendo isso, ele não deveria conseguir segurar um lápis, falar, ver, ouvir… e aqui estamos nós.”

Para celebrar um marco tão incrível na vida de Braden, seus pais organizaram para que ele pudesse voar até o meio de um concerto ao vivo com um de seus músicos favoritos, o cantor de country Cam Thompson, através de helicóptero.

Braden descreveu seu dia de formatura como “Perfeito”.

17 years ago I was this boy's Hospice Nurse, and today, I just finished editing his senior pictures!! What a blessing…

Posted by Michele Eddings Linn on Saturday, September 5, 2020

“Eu me sinto muito bem sabendo que trabalhei tão duro para chegar aqui porque nem sempre foi fácil”, ele adicionou.

Braden, que também precisou usar uma muleta até a idade de cinco anos e aprendeu a andar por conta própria após muita terapia agora é um membro da unidade civil de patrulha aérea de Owensboro, no estado norte-americano de Kentucky.

Ele sempre sonhou grande e agora ele está vivendo um sonho de vida de se tornar um bombeiro, se juntando ao departamento de bombeiros de Moseleyville como bombeiro voluntário.

Sua mãe Cheri disse que as conquistas de seu filho servem como uma lembrança a todos aqueles com as chances contra eles.

It’s official!!!

Posted by Braden West on Tuesday, July 5, 2022

“Nunca desista… não importa o quão difícil é a montanha a escalar, continue escalando porque a visão no topo é incrível!”

Graças à fé e determinação de Braden ele não apenas sobreviveu, mas prosperou com notas incríveis.

Nos ajude a dar os parabéns a este jovem inspiracional e dejear a ele um futuro com saúde e felicidade compartilhando esta história.