Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Comece o dia com um punhado destas frutinhas vermelhas – seu corpo agradecerá no futuro!

Você provavelmente nunca ouviu falar de lingonberries, a menos que seja da Escandinávia ou tenha visto uma garrafa de suco de lingonberry ou um pote de geléia de lingonberry em uma loja Ikea. Mas esta pequena frutinha vermelha pode ser a próxima super fruta.

Ainda pouquíssimo conhecido no Brasil, o lingonberry é também chamado de arando vermelho ou amora alpina. Pense no lingonberry como um primo menor, mais suculento e menos amargo do cranberry. Só que com mais vitaminas e outros nutrientes.

Claro que já ouvimos muito sobre vários super alimentos ao longo dos anos, mas depois de ler este artigo, você vai querer deixar de lado o açaí e a goji e pegar um punhado de arandos!

 

A maioria das pessoas concorda que as frutas, e as vermelhas em particular, são grandes fontes de nutrientes, mas algumas mais do que outras. Nos últimos anos, o açaí e a goji tornaram-se conhecidas como superberries e até contribuem para a perda de peso.

Um estudo feito na Suécia em 2014 mostra que os arandos podem deter os efeitos de uma dieta rica em gordura.

O estudo foi realizado pela pesquisadora Karin Berger e a estudante de doutorado Lovisa Heyman no Antidiabetic Food Center, da Lund University, na Suécia.

Primeiro, eles dividiram ratos em dois grupos. Um grupo foi alimentado com uma dieta com baixo teor de gordura e o outro recebeu alimentos gordurosos. Os pesquisadores então separaram os ratos da dieta rica em gordura em subgrupos menores. Alguns deles receberam arandos, alguns mirtilos e outros framboesas, groselhas, amoras, ameixas, groselhas pretas ou açai. E um grupo de controle não teve qualquer tipo de frutas vermelhas.

Após três meses, o grupo de lingonberry de longe mostrou os melhores resultados. Eles não ganharam mais peso do que os ratos que comiam alimentos com baixo teor de gordura e seus níveis de açúcar no sangue e insulina também eram semelhantes. Além disso, seus níveis de colesterol e os níveis de gordura em seus fígados eram menores do que os ratos que se alimentavam de comidas gordurosas e não tinham bagas nas suas dietas.

Os pesquisadores ainda não sabem por que os arandos têm um efeito tão positivo para a saúde, mas uma teoria aponta para os polifenóis – os antioxidantes que dão a eles sua cor vermelha.

Então, quantos arandos você precisa comer para ajudar a controlar seu peso?

“Até 20 por cento da dieta de nossos ratos era formada por arando. Não é realista que os seres humanos comam uma proporção tão alta. No entanto, o objetivo não é produzir efeitos tão dramáticos quanto nos camundongos com alto teor de gordura, mas sim para prevenir obesidade e diabetes, complementando uma dieta mais normal com as frutas vermelhas”, disse Karin Berger.

Berger também revelou que os próprios pesquisadores agora comem mais arandos no café da manhã e em smoothies.

Eu acho que sei exatamente o que quero fazer agora… comer alguns arandos! Compartilhe se você também pensa que mais pessoas devem descobrir sobre esta superberry!

Publicado pelo Newsner. Por favor, curta.