Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Mulher perguntou a desabrigado de 52 anos o que ele mais queria no Natal – a resposta me deixou em lágrimas

Há um ditado que diz: não importa o que está sob a árvore de Natal. O mais importante é quem se juntou em torno dela.

A história a seguir aconteceu em Sacramento, Califórnia, e é o retrato perfeito do que é o Natal.

Alan Duffany, de 52 anos, foi homeless durante a maior parte de sua vida adulta. Ele mora longe de sua família, que não tinha idéia de onde ele estava ou por onde deveria começar a procurá-lo, como informa a KCRA.

Mas graças a duas mulheres generosas, a vida de Alan e sua família mudaram para melhor. Todo mundo deveria ler essa história – e espero que inspire mais pessoas a fazer algo para os que precisam.

Alan nunca poderia ter imaginado que este Natal seria especial.

Tudo começou quando uma mulher passou por ele de carro. Ela reconheceu Alan, que sempre estava na mesma rua, sentado, diante do trânsito que passava. O nome da mulher era Jody Revak, e ela não precisava apresentar-se a Alan, porque sempre parava para cumprimentá-lo enquanto dirigia.

Era um dia normal em dezembro. Alan estava na rua em dificuldade. Jody se aproximou dele em seu carro, abaixou pela janela e fez uma pergunta.

“Alan! Se houver uma coisa que eu poderia te dar de Natal, qual seria?”

Alan olhou para ela e respondeu: se eu desejasse uma coisa neste Natal, seria ver minha irmã no Tennessee.

Pode parecer um pedido difícil para uma pessoa realizar, mas Jody estava determinada.

Jody, junto sua amiga Stephanie, conseguiu encontrar a irmã de Alan e providenciaram que o homem viajasse para casa a tempo do Natal. Eles compraram um bilhete de ônibus até a pequena cidade de Sneedville, no Tenessee. Lá, sua irmã Rose a estava esperando, ansiosa para conhecer seu irmão.

Hi my Brother Alan Duffany has been homeless most of his adult life. For over a year nobody could locate him, local…

Posted by Rose Duffany Cooper on Friday, 22 December 2017

Antes de sua partida, Jody e Stephanie também lhe compraram roupas novas.

Rose chama Judy e Stephanie “anjos”, e está muito feliz por elas enviarem o irmão para casa para o Natal.

Você pode assistir a um clipe sobre a história abaixo:

É isso que o Natal significa. Penso que mais de nós devemos dispender mais tempo para fazer um gesto gentil para aqueles que precisam. Pode ser um pequeno ato para nós, mas pode fazer uma grande diferença para a vida de outra pessoa.

Por favor, ajude-nos a compartilhar esta história para homenager Jody e Stephanie.

Publicado por Newsner. Por favor, curta.