Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

Esse boi é criado para dar mais carne: veja o que acontece quando ele tenta se movimentar

The gado belga azul é resultado de 50 anos de cruzamentos seletivos na Bélgica. O objetivo era criar uma raça que produzisse quantidades elevadas de leite e carne — o que foi alcançado, de fato.

No entanto, os animais infelizmente desenvolveram problemas de saúde e sofrem por causa da maneira como são criados.

Várias espécies de animais já passaram por cruzamentos seletivos ao longo de milhares de anos. O homem modificou a maioria dos animais domésticos e de estimação, transformando-os em versões completamente diferentes de seus ancestrais.

O gado belga azul foi criado no século 19, graças ao cruzamento das raças locais de pelo curto castanho com as holandesas castanhas e pretas. Como resultado, o gado belga tem a pelagem branco-azulada.

Wikipedia

Esses animais são, de acordo com muitos estudiosos, um dos mais assustadores exemplos do que pode acontecer quando o homem mexe com a natureza.

Os criadores da raça são criticados por terem transformado esses animais em “verdadeiras fábricas de carne ambulantes”. Eles têm músculos incrivelmente grandes — um macho adulto em geral pesa entre 1,1 e 1,2 toneladas. Eles têm uma mutação genética que altera o ritmo de crescimento dos músculos e previne o acúmulo de gordura — o resultado é que os animais têm músculos enormes, com muito pouca gordura, em muito pouco tempo.

Estudos denunciam que a mesma mutação genética produz também vários outros efeitos, como deformidades nas mandíbulas e na língua, que dificultariam a amamentação dos filhotes.

A mutação também pode afetar o desenvolvimento dos órgãos internos — o fígado e os pulmões são significativamente menores do que em outras raças. Isso pode levar a dificuldades para respirar, problemas de coração e infertilidade.

O que você acha desses processos de cruazamento seletivo? Assista ao vídeo abaixo e compartilhe sua opinião conosco no Facebook. 

Publicado por The Animal Bible. Por favor, curta.