Tweet about this on Twitter Pin on Pinterest Share on Facebook

A história dolorosa de Abigail mostra que toda vida é um belo milagre

Não importa o quanto planejemos e nos preparemos, nunca controlamos completamente as coisas que acontecem em nossas vidas.

E é por isso que às vezes temos que tomar decisões incrivelmente difíceis.

Quando Christina Fisher, de 36 anos de idade, ficou grávida, o timing estava longe de ser perfeito. Ela não tinha um emprego e estava prestes a ser despejada do parque de trailers onde morava. E sabia que não seria fácil dar ao filho uma chance justa de ter sucesso na vida.

Então, com dor no coração, Christina decidiu colocar seu bebê para adoção.

Porém, quando a pequena Abigail nasceu, tudo mudou. A família que prometeu adotar a menina recém nascida de repente mudou de idéia.

Assim que viram o rosto de Abigail, eles se viraram e saíram correndo do hospital.

Christina disse que todos os seus ultra-sons mostraram que seu bebê estava se desenvolvendo normalmente, e é por isso que foi um choque quando Abigail Lynn nasceu em janeiro de 2016.

Ela e os médicos notaram imediatamente que a menina recém nascida parecia diferente das outras crianças na enfermaria da maternidade.

Abigail foi diagnosticada com a síndrome de Treacher Collins,  uma doença genética rara que faz com que o rosto seja assimétrico e que também pode causar problemas respiratórios e oculares.

Apesar do diagnóstico, Christina não sentiu nada além do amor por sua pequena menina – para ela Abigail era incrivelmente bela.

E quem não concordaria?

Infelizmente, a família adotiva de Abigail não concordou, segundo o jornal The Telegraph.

A família chegou ao hospital para apoiar Christina enquanto ela estava em trabalho de parto. Mas depois que ela deu a luz, a história mudou.

Quando a futura mãe adotiva viu o rosto de Abigail, todas as amáveis ​​palavras e sorrisos amigáveis ​​desapareceram.

“Ela saiu chorando … e deixou o hospital. Nunca mais ouvimos falar deles”, disse Christina.

Christina tomou a inesperada virada como um sinal. Ela acabou com seus planos de adoção e decidiu criar Abigail por conta própria.

E contatou um fotógrafo para tirar lindas fotos dela e de sua filha.

Christina publicou algumas online juntamente com a incrível história de Abigail.

E também criou uma campanha no site GoFundMe, e quase 600 pessoas juntaram forças para doar cerca de US$ 22.000 – o dinheiro que está ajudando a Christina dar a sua filha um bom começo para a vida.

Nós, seres humanos, podemos ser incríveis quando nos juntamos e recusamos desistir de uma criança apenas porque ela tem uma doença ou é diferente.

Parece que o destino decidiu que Christina precisava manter seu filho. A decisão que ela tomou de entregar a sua filha para adoção é algo que nenhuma mãe ou pai deseja fazer.

Achamos a Abigail super fofa e desejamos-lhe tudo de bom no futuro!

Também gostaríamos de agradecer a todos as pessoas que ajudaram esta pequena família a começar bem uma nova vida.

Por favor, compartilhe a história de Abigail com seus amigos no Facebook se você também acha que ela é um milagre!

Publicado pela Newsner, por favor, curta.